Bibliotecas urbanas

Com uma iniciativa inteligente, um arquiteto conseguiu usar o espaço urbano para produzir conhecimento através de livros. John Locke ( não, não é o filósofo) é o fundador do Departamento de Melhoria Urbana em Nova York, movimento de intervenção que chama a população de lá para compartilhar projetos que possam aproveitar a cidade da melhor forma possível.

John criou mini bibliotecas abertas ao público e encontrou um ótimo lugar para isso: as cabines telefônicas de Nova York que, segundo ele, são ”relíquias, símbolo de uma tecnologia à beira do desuso total (…), que nos remetem para um espaço público perdido do qual poderemos nunca mais voltar a usufruir”

Ele já havia tentado fazer as bibliotecas uma vez, mas não deu certo. Agora a ideia voltou com diferenças. John pede que os moradores do local onde fica a cabine doem livros e que as pessoas lessem retribuíssem o gesto. Os livros também são marcados pelo departamento de Melhoria Urbana. Segundo John Locke, muitas pessoas ainda levam os livros para casa e não devolvem, mas esse número reduziu bastante em relação a primeira vez que ele tentou lançar a ideia.

Ah, e a biblioteca permite que os telefones continuem funcionando!

Você acha que essa iniciativa daria certo no Brasil?

Conheça mais trabalhos do arquiteto no site http://gracefulspoon.com

*Fotos: John Locke

Category: Arte/Design, URBANFOR
Tag: arquitetura, biblioteca, espaço urbano, John Locke, Nova York, URBANFOR